Highslide for Wordpress Plugin

Tempo de Advento – do presépio ao coração!

Preparemos o coração para receber o Senhor!

O tempo do Advento vem preparar-nos para receber o Senhor que vem. Abramos nosso coração, nossa mente, nosso ser para acolher o Deus Menino… Não paremos apenas na bela imagem romantizada do presépio, quando São Francisco o concretizou, sua ideia era tornar viva aquela cena em que o próprio Deus – Ele mesmo, em Pessoa – veio ao mundo.

São Francisco destacou no presépio a humildade, o esvaziamento de Deus ao tornar-se um de nós, ao fazer-se humano. Ele queria ver como foi este acontecimento, compartilhar o sentimento dos pastores ao chegar à presença do Menino Jesus e contemplá-lo junto a Maria e José, no estábulo, deitado no cocho onde comiam os animais (daí as palhas), rodeado pelo boi e o burro.

O Messias sempre foi esperado pelos descendentes de Abraão, porém, Ele chegou de uma maneira diferente: não veio como rei glorioso, baixando do céu com intensas manifestações da natureza, lançando raios e exterminando todos os que eram julgados maus.

Deus Pai enviou seu Filho ao mundo como uma criança, um bebê, o estado mais frágil do ser humano! Este foi o grande mistério que São Francisco quis expressar quando montou aquele 1º presépio.

Aproveitemos o Advento para purificar a imagem de Deus que trazemos em nosso coração: o Deus glorioso e justiceiro esperado pelos antigos, veio simples e humilde, necessitado de cuidados para levar adiante sua missão.

Você reconhece a presença do Senhor naqueles desprezados pela sociedade, pela mídia, pela economia de mercado – na qual só valem os que produzem? As realidades trágicas mostradas pelas mídias sociais não são meros instantes estáticos, são vidas de pessoas, famílias atingidas por algo marcante.

Advento – tempo de espera… Nós esperamos o Senhor, há muitos que esperam por nós… Aproveitemos este tempo para viver e levar o bem: uma palavra boa, um pensamento bom, uma atitude boa, um silêncio misericordioso – isto é oração!

Que o Menino Deus e sua Sagrada Família lhe abençoem e à sua família!

Alzineide P. de Sousa, ffdp